Ana Rita Silva Marques Amado Fernandes,

Departamento de Engenharia Informática

Abstract:

Apesar das muitas iniciativas e sistemas informáticos criados com o objectivo de suportar os processos de negócio, as pessoas ainda investem muito tempo do seu trabalho na selecção e obtenção da informação necessária ao desempenho das suas actividades dentro da organização.
No que respeita ao trabalho colaborativo, também encontramos inúmeros sistemas que fornecem apenas um apoio parcial aos actores do negócio visto estarem focalizados num determinado objectivo e não tomarem em consideração as capacidades multi-tarefa dos indivíduos.
Do ponto de vista operacional, para suportar apropriadamente as tarefas intelectuais na organização, a informação requerida deve ser fornecida de forma pró-activa e oportuna, segundo os padrões humanos de processamento da informação. A incorporação desses padrões em tecnologias e ferramentas requer uma perspectiva diferente da organização e de novos conceitos organizacionais. Os actores envolvidos nos processos de negócio, especialmente os actores humanos, são entidades complexas capazes de exibir múltiplos comportamentos segundo a tarefa e o papel desempenhado na execução da mesma.
A presente investigação concretiza o conceito de “Contexto de Interacção” apresentando-o como o elemento chave para modelar os actores e as suas interacções que ocorrem durante a execução das tarefas que compõem os processos de negócio. Para tal, foi definida e aplicado um método apropriado à natureza qualitativa da informação, ilustrando os conceitos referidos com um caso prático efectuado num ambiente organizacional real.

Palavras-chave: Modelação Organizacional; Modelação de Processos de Negócio e Actores de Negócio; Modelação baseada em Papéis; Contexto de acção e Contexto de Interacção; Trabalho Colaborativo; Teoria de Speech Acts.

 

Date: 2006-May-05     Time: 15:00:00     Room: ANFITEATRO PA-3 DO EDÍFICIO DE PÓS-GRADUAÇÃO DO IST


For more information: