José Jorge Carranca Sequeira Martins,

Departamento de Engenharia Informática

Abstract:

O Balanced Scorecard (BSc), formulado em 1989 por Kaplan e Norton, emergiu como uma ferramenta de medição de desempenho e de planeamento estratégico corporativo, sendo já adoptado na maioria das empresas representadas no Fortune 1000. Através do seu regulador – “The Balanced Scorecard Collaborative” – o BSc avança para a standardização, tendo já certificado vinte aplicações. No entanto, apesar de amplamente utilizado, foram vários os casos de insucesso, tendo por isso sido já estudadas algumas das suas causas possíveis. Centrando-se nas causas relacionadas com os Sistemas de Informação, a tese enuncia os seguintes problemas – Que sistema de BSc deve ser seleccionado para a implementação numa Organização e como? Como deve ser aferido o grau de alinhamento do sistema de BSc implementado com a Arquitectura Empresarial envolvente da Organização? A tese apresenta a pesquisa realizada sobre o estado-da-arte dos Sistemas de Informação de Gestão de Balanced Scorecard (SIGBScs). Propõe uma matriz comparativa de SIGBScs, para dar apoio à sua selecção. Apresenta o estado-da-arte da Arquitectura Empresarial, dando particular atenção à Framework de Zachman. Apresenta brevemente, o estado-da-arte dos Modelos de Alinhamento das Tecnologias de Informação com o Negócio. Finalmente, aplica a teoria ao Caso de Estudo, através da selecção e implementação de um SIGBSc na Unidade de Negócio de Suporte de serviços de gestão partilhados do Grupo Portugal Telecom – a PT-PRO Serviços de Gestão, e afere o grau de alinhamento do SIGBSc na Arquitectura de Sistemas de Informação envolvente.
PALAVRAS-CHAVE: Sistemas de Informação de Gestão; Balanced Scorecard; Alinhamento das Tecnologias de Informação com o Negócio; Arquitectura Empresarial; Arquitectura de Sistemas de Informação; Framework de Zachman;

 

Date: 2005-Dec-15     Time: 15:00:00     Room: ANFITEATRO DO COMPLEXO INTERDISCIPLINAR NO IST


For more information: