Joana Paulo Pardal,

Departamento de Engenharia Informática

Abstract:

Desde o seu início que a Informática se preocupa com a gestão e organização de dados com vista a conseguir extrair informação e obter conhecimento. O aparecimento das bases de dados consolidou a Informática ao permitir armazenar de forma organizada maiores quantidades de dados, facilitando a extracção de informação até aí invisível ou de difícil acesso (identificação de padrões, data mining, etc.). Neste paradigma cada aplicação fixa um modelo (ex. relacional, objectos) e um esquema de dados. Depois lida com a gestão das instâncias.

As Ontologias propõem a estruturação de conceitos de acordo com o seu significado (semântica), o que implica uma organização dos dados de mais alto nível onde, para um dado modelo, se permite a variação dinâmica do esquema de dados, aumentando a flexibilidade na representação dos conceitos. Por isso, espera-se que a sua utilização traga vantagens ao nível da reutilização da informação, que passa a ser estruturada de tal forma que possa centrar-se sobretudo na extensão e adaptação dos conceitos e não na conversão de dados para novos esquemas.

Os Sistemas de Diálogo permitem ao utilizador interagir com o sistema através de língua natural falada. Dispõe-se à partida de uma personagem sintética, um mordomo de nome “Ambrósio”, que responde a comandos de fala actuando sobre dispositivos domóticos (actualmente: iluminação, aparelhagem, estores, ar condicionado).

Neste trabalho propõe-se a extensão do sistema de diálogo existente, de forma a torná-lo num “assistente de cozinha”, capaz de apoiar o utilizador na escolha e execução de receitas de culinária. Para isso, pretende-se incorporar no sistema uma ontologia de culinária, OntoChef, Para estender o sistema, identificar-se-ão os pontos de ligação que permitam generalizar o processo de diálogo e explorar-se-ão as possibilidades trazidas pela representação de conceitos e relações descritas nas ontologias (comparativamente às tradicionais bases de dados).

A principal contribuição que se espera deste trabalho é uma metodologia para a introdução de novos domínios em sistemas de diálogo de forma dinâmica, através da ligação de novas ontologias ao sistema. A proposta será feita com base nas características desejadas e depois de se estudarem os pontos de contacto necessários entre o sistema de diálogo e a ontologia.

A metodologia será testada inicialmente com a introdução do domínio da culinária no sistema de diálogo existente, do qual surgirão recomendações ou ajustes para a arquitectura do sistema integrado. Posteriormente, será testada novamente, mas com a introdução do domínio da Meteorologia. Pretende-se, ainda, verificar as possíveis utilizações de conhecimento do domínio para introduzir capacidade de raciocínio no sistema e para enriquecer os diálogos.

Palavras-chave:
• Sistemas de diálogo
• Ontologias
• Processamento de Língua Natural
• Integração de Informação
• Integração de Sistemas

 

Date: 2006-Jan-25     Time: 15:00:00     Room: 336


For more information: